André Braga

Novembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

Pesquise

 

Publicações

Tauromaquia

É promoção, quem vai quer...

Até quando

Em praça pública

Armadilha

Entre urubus

Vacinados

1000 dias de regresso

Futuro

Fome

Medidas

o pulso ainda pulsa...

Dor nossa de cada dia

Corticoides

Bandeira preta

Outros 500?

Harmonia

Fármacos

Pasto Brasil II

O capitão chupeta

A canetada saiu pela cula...

Estado crítico

Eterna brincadeira

Frio

Doe Órgãos

Legalização do aborto

De continuidade a vida......

Doe órgãos e tecidos

Confira também



subscrever feeds

Terça-feira, 23 de Novembro de 2021

Tauromaquia

 

No centro da fome

e do desemprego

o touro dourado

não puxa arado

 

Esse fica pro povo

que atordoado

enriquece o toureiro

por um mero trocado

 

E os emolumentos

enchem a bolsa dos donos

e os sorrisos dos tolos

que do touro de ouro

só lhe sobram os excrementos

 
Publicado por AB Poeta às 22:48
Link do post | Comentar | ADD favoritos

É promoção, quem vai querer?

 
A crueldade do Estado
na ilegalidade do ambulante
faz desse desempregado
um criminoso constante
 
Nesse país de desabrigados
e da meritocracia fajuta
tentar sobreviver é um fardo
todo dia uma nova luta
 
Aqueles que seriam os obrigados
a tornar nossa vida mais justa
são os verdadeiros bandidos
já passou da hora de dar um “basta!”
 

 

Publicado por AB Poeta às 22:43
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Terça-feira, 16 de Novembro de 2021

Até quando

 

Não para a ciência
à máscara e à vacina
o capitão e seu quartel
seguem a mesma sina
agravam a situação
e assim como Pilatos
lavam suas mãos
A consequência de seus atos
mais mortos e sequelados
mais pobres e miseráveis
Pagarão os responsáveis?
Certeza é que lhes reservam a inglória
de ocupar a lata de lixo da história

 

Publicado por AB Poeta às 20:26
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Em praça pública

 

Aos montes na cidade

cabanas, abrigos, barracos

um campo de refugiados?

Não, é o largo da matriz

 

Nessa coletividade

toda sorte de azarados

o brasileiro é um exilado

em seu próprio país

 
Publicado por AB Poeta às 20:23
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quinta-feira, 4 de Novembro de 2021

Armadilha

 
mais um sujeito
                       sem leito
que à rua se sujeita
                      e se ajeita
na suja sarjeta
 
um rejeito que o estado
          pegou na ratoeira
isso é o resultado
                       da sujeira
de um país sem jeito
 

 

Publicado por AB Poeta às 00:06
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 3 de Novembro de 2021

Entre urubus

 
As crianças que comem no lixo
fazem uma tremenda algazarra
nos olhos um outro brilho
parece até que é divertido
 
Viram-se latas, sacos, sobras
e os rostos dos transeuntes
Soco no estomago de quem passa
mas à indignação parecem imunes
 
Triste o país que deixa suas crias
largadas à própria sorte
O governo é afeito aos ricos
azar o seu que nasceu pobre
 

 

Publicado por AB Poeta às 23:54
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Vacinados

 

quem pisa na bola

fica de                    fora

da Vila famosa

 

cara de pau

          aqui não róla

 
Publicado por AB Poeta às 23:38
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 6 de Outubro de 2021

1000 dias de regresso

 

Mil dias de (des)governo
mil dias de avacalhação
Enquanto a vaca vai pro brejo
a boiada vai á manifestação
em prol da desobediência
em prol da corrupção

Enquanto a fome só aumenta
a comitiva arrota leite condensado
e o futuro que se apresenta
é a cópia mal feita do passado
Mil dias de regresso
desordem em progresso

 

Publicado por AB Poeta às 01:46
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Futuro

 

O gosto da sopa de osso
na escuridão do fundo do poço
amarga a garganta do moço
sem futuro...

A quem ainda dá o endosso
ao boçal que está no congresso
quer ver o país em destroços
sem futuro...

“ele não” é nenhum colosso
nosso próximo passo
é derrubá-lo, mandá-lo ao fosso
e pensar no futuro...

 

Publicado por AB Poeta às 01:32
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Fome

 

fome.jpg

 

 

Publicado por AB Poeta às 01:17
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Domingo, 29 de Agosto de 2021

Medidas

 

Carrego sobre os ombros
a dor que me pesa
isso todo mundo faz

De rir sou capaz
mas logo se encerra:
a alegria nunca pesa

 

Publicado por AB Poeta às 18:17
Link do post | Comentar | ADD favoritos

o pulso ainda pulsa...

 

esse lugar imaginário
chamado coração
que bate, às vezes erra
pula pela garganta
ou desce até o porão
entre o amor e o ódio
alguma dor carrega
pulsa no peito
desanda, emperra
conserta
e segue batendo
com maestria
por mais uma breve
alegria

 

Publicado por AB Poeta às 18:11
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Domingo, 27 de Junho de 2021

Dor nossa de cada dia

 

Na memória do corpo
gozos e temores
alternam-se as drogas
ficam velhas dores

O prazer é fugaz
mas resta a lembrança
Na carne, a cobrança
que o tempo nos trás

 

Clique no assunto: , , , , ,
Publicado por AB Poeta às 11:15
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | ADD favoritos
Terça-feira, 22 de Junho de 2021

Corticoides

IMG_20210621_213837_514.jpg

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 22:21
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Bandeira preta

 

1624265063334.jpg

 

*Não sei quem é o autor na imagem, caso alguém saiba, por favor, informe nos comentários.

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 22:16
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Outros 500?

 

Quinhentas mil mortes
é o que pagamos pelo boçal
assassino, carniceiro
genocida, indigno, imoral

Será preciso outros 500
para estancar esse mal?
Derrubá-lo é essencial
o quanto antes e certeiro

Marginal, lixo antissocial
um messias ceifeiro
que já passou do tempo
de mandá-lo pelo ralo ao bueiro

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 22:00
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Harmonia

 

Aos poucos consertando
de acerto em acerto
a vida vai voltando
girando os ponteiros
caminhando e preparando
um novo concerto

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 21:51
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Terça-feira, 15 de Junho de 2021

Fármacos

 

Uma vacina para a doença
outra para a eleição
uma feita pela ciência
a outra pela educação
A primeira livrará do mal, sim
a segunda dirá “ele não”

 

Clique no assunto: , , , , ,
Publicado por AB Poeta às 10:18
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | ADD favoritos
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2020

Pasto Brasil II

 

O general de almoxarifado

que faz um bico na saúde

fez uma escolha amiúde

sem critério: um veterinário

 

Mais um à toa no ministério

e será responsável pela vacina

Pelo visto essa é nossa sina:

vida de gado, povo otário

povo feliz

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:27
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 8 de Abril de 2020

O capitão chupeta

 

O capitão chupeta

pirado da cachola

de inveja do Mandetta

tacou-lhe a corneta

sem sucesso...

 

Enfiou a caneta

no bolso da gandola

guardou a vendetta

calou a lingüeta

enfim um progresso

 

Clique no assunto: , , , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:00
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda


Poesias declamadas



Todas as publicações

Clique no assunto

todas as tags