Minhas poesias.

Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
18
19
21
22
23
26
27
28
29
30
31

Pesquise

 

Publicações

O grande mentecapto

O pelotão caterva

A costureira

Torcedores FC

Consumismo

Conjugado ser

Confira também




Todas as publicações

subscrever feeds

Quarta-feira, 20 de Maio de 2020

O grande mentecapto

 

“A Tubaína é doce, a cloroquina, não”

ri o presidente, seu sorriso obscuro

ao vivo na live, para toda a nação

Com esse governo estaremos seguros

bem guardados, a sete palmos do chão

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 02:22
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quinta-feira, 7 de Maio de 2020

O pelotão caterva

 

“Mas e o lula?”

virou a frase chavão

do gado “mungido” do mito

que também é ladrão

 

Uma tropa de papagaios

cingelada, bolsocão

Apedeuta fauna, sufrágios

da mais pura inaptidão

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:59
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sexta-feira, 1 de Maio de 2020

A costureira

 

Tece a dedicada costureira

fino bordado em pano nobre

para o pequeno rei déspota

dar luxo à sua vida esnobe

 

Permeia a pontiaguda agulha

vara o linho, passa a linha

perfura a pele e alinha

sutura as mãos à máquina

 

Terminada a trama da lida

em casa, já na cama, pensativa

ela cose uma outra fantasia:

retalhos de sonhos e alegrias

 

Imagina que ela liga, cada luz

cada estrela, cada ponto que brilha

no infinito tecido do céu noturno

e faz surgir a noite e seus astros

 

E nesse delírio soturno traça

uma fina linha no tempo

juntando o que lhe agrada

No fim arremata o contratempo

 

Já é dia e ela acorda

e mais um sonho se desfaz

Preparada para a jornada

a rendeira rende-se ao capataz

 

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 14:42
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 9 de Outubro de 2019

Torcedores FC

 

Futebol e seus fanáticos

sofrimento e glória

O amor começa com um gol

e consolida com a vitória

 

A derrota traz o dissabor

à boca dos alucinados

“Competir é onde está o valor”

isso é o hino dos derrotados

 

Ninguém torce por esporte

seja qual for a situação

Mesmo sobre política ou religião

com paixão defende sua equipe

 

Trocar de camisa, jamais!

Essa seria a maior traição

Ganhando ou perdendo

vivemos mesmo e da ilusão

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 02:07
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

Consumismo

 

Na loja

Decoração

não há nada

promoção

 

Saldão

Solidão

 

Liquidação

Clique no assunto:
Publicado por AB Poeta às 20:35
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Conjugado ser

Ser: verbo conjugado
O que pesa ao ser
É o “ter que ser”
E quando se está sendo
Não se sabe mesmo se é
Ou quem é
Ou o que é
Ou qual é
Muitas vezes o ser
Só parece ser
Mas não é
Nem aquele
Nem aquilo
Nem um kilo
Nem umbigo
O que será que será de nós...
Sou-me
E isso em basta.

Clique no assunto:
Publicado por AB Poeta às 18:44
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | ADD favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda


Poesias declamadas



Clique no assunto

todas as tags