André Braga

Setembro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Pesquise

 

Publicações

O eufemismo nosso de cada...

Pelo fim da “sofrência”

Caiu na rede

Bonito na foto

Qual será a senha?

o culto (internet)

new religião

#AliceRuiz versão twitter

papo nada chat

Confira também



subscrever feeds

Quarta-feira, 20 de Julho de 2022

O eufemismo nosso de cada dia

 

Tribos indígenas já foram “povos” e, assim como favelados, viraram “comunidades”;
O negro é “afrodescendente” (o mestiço nem existe mais);
O trabalhador virou “colaborador”, e o biscateiro, que já foi “profissional liberal”, agora é o “empreendedor”;
O idoso vive a “melhor idade”;
O mendigo agora é uma “pessoa em situação de rua”;
Transformaram o pobre na “nova classe c”;
Gays e lésbicas eram “GLS”, agora diluíram na sigla “LGBTQIA+”;
O miserável, que vive “abaixo da linha da pobreza”, passou a ter “insegurança alimentar”;
Até o cão, o cachorro, passando por “doguinho”, virou “pet”;
Tudo muda…
Mas o que nunca muda é a realidade, que continua sendo uma grande e imensa “matéria fecal”.

 

Publicado por AB Poeta às 02:59
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 8 de Junho de 2022

Pelo fim da “sofrência”

 

Uma mero ânus tatuado
para descer até o chão
Uma lei que ninguém conhece a fundo
para incendiar a discussão
Um cowboy alienado que caiu do cavalo
e melou o “esquemão”
Agora todos sabem que o caipira
mama nas tetas do erário
na verba de saúde e educação
Falta agora a Justiça fazer força
mandar esfíncter a fora essa sujeira
laçar a quadrilha, botar na fogueira
antes da próxima farra de São João

 

Publicado por AB Poeta às 00:44
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 3 de Novembro de 2021

Caiu na rede

 

Ontem recebi um “joia”

hoje foi um “coração”

a “amizade” em rede

nos traz a ilusão

de uma “proximidade”

pelo clique de um botão

 

Entre sedas e farpas

mantemos uma “relação”

entre aspas

 
Publicado por AB Poeta às 23:58
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2021

Bonito na foto

 

a beleza pura 

e analógica 

é a que mata 

minha sede 

 

sua beleza suja 

falsa 

só passa no filtro 

das redes

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:28
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2015

Qual será a senha?

 

Cadastre-se na Rede

e acesse o mundo

a imensidão

 

O nome do pai

do filho

o nome do cão

Datas de nascimentos

letras e elementos

que servem à ocasião

 

Fique socialmente conectado

Atado a tantos amigos

que nunca se verão

 

E guarde a senha

a sete chaves

das portas e das janelas

que apontam à solidão

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 22:34
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Domingo, 30 de Novembro de 2014

o culto (internet)

 

oculto que encanta

vulto que vira

vênus

sempre mais

nunca menos

 

até que o manto

cai

e vai

o encanto

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 23:51
Link do post | Comentar | ADD favoritos

new religião

 

religião internet

o culto oculto

dos seres pagãos

socialmente negados

 

renegados que mentem

para serem o que(?)

realmente são(?)

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 23:44
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

#AliceRuiz versão twitter

 

lembra do tempo que eu te seguia,

e era a forma mais fácil de saber o que fazia,

e você nem sabia?

 

 

o poema original:

 

lembra o tempo que você sentia,

e sentir era a forma mais sábia de saber,

e você nem sabia?

 

Alice Ruiz

 

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 23:40
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sábado, 19 de Julho de 2014

papo nada chat

 

on line

misturando línguas

in love

mesmo quando amor

off

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:16
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda


Poesias declamadas



Todas as publicações

Clique no assunto

todas as tags