André Braga

Fevereiro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

Pesquise

 

Publicações

Mais 4, pra que?

A farda, um fardo

Falta de Nação

Forças Mamadas

O mito da caserna

Sobre o “vencedor”

Conflito

Bichos escrotos

A volta ao inverno russo

O bandido de patente

O reservista

Jair e o pé de feijão

A marcha dos valdevinos

A nova independência

O dia do golpe

“Ô abre alas que eu quero...

Tropa laranja

Marcha do xilindró

Golpistas

Marchinha do militar com ...

O general de pijama

O Soldado

Confira também



subscrever feeds

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2022

Mais 4, pra que?

 

Por 14 anos foi um mau militar

mais 2 como vereador ocioso

por 28 anos, um deputado vadio

mais 4 de presidente vagabundo

nem 100 anos de sigilo esconde isso

Mais 4 anos com esse ser omisso

pra que?

686 mil mortos por covid…

Se nunca trabalhou

por que agora trabalharia?

Destruir é sua praxe

a cadeia é o seu destino

 

Publicado por AB Poeta às 23:48
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 21 de Setembro de 2022

A farda, um fardo

a farda um fardo.jpg 

Siga no instagram e twitter @ABPoeta

Publicado por AB Poeta às 23:53
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sexta-feira, 15 de Abril de 2022

Falta de Nação

 

A tropa toda em forma

em punho, o fuzil

"aprontar, preparar...

fogo amigo!"

gira o espeto no brasio

 

Enquanto o povo sucumbe de desnutrição

a armada força se empanturra

Já não basta pagarmos pela farra

agora bancamos também a ereção

 

A vergonha não veste camuflado

e o povo não demonstra indignação

os militares já mostraram seu lado

falta ao povo entender que é Nação

 
Publicado por AB Poeta às 18:50
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Forças Mamadas

 

Para elevar o moral da tropa

diminuir a solidão do mar

elevar a cadência aos céus

um “azulzinho” para excitar

 

E depois da churrascada

prótese a quem estiver sem fuzil

é hora do fogo amigo

broxa aqui é para pintar meio-fio

 

Um “viva” às Forças Mamadas

patriotas assim nunca se viu

embuste que esconde a mamata

farra armada, Brasil!

 
Publicado por AB Poeta às 18:25
Link do post | Comentar | ADD favoritos

O mito da caserna

 

Vejo aptidão e coragem

para cumprir a missão

mas são apenas sombras

que não refletem retidão

 

Frente ao fogo da churrasqueira

se lambuza o pelotão

picanha, salmão, cerveja

suja a farda de carvão

 

A fome só cresce no país

parte do povo está sem abrigo

com uma força armada dessa

quem precisa de inimigo?

 
Publicado por AB Poeta às 18:16
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sábado, 12 de Março de 2022

Sobre o “vencedor”

 

heróis e assassinos
assassinos heróis
aproveitadores imundos
a ordem dos tanques
destrói o produto
o trauma não sai da carne
a dor tende a ser extrema
e a poesia na guerra
é ilusão de cinema
o resto é história…

 

Publicado por AB Poeta às 13:51
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Conflito

 

a bravura dos que combatem
a dor de quem se desterra
desânimo, valentia
há quem acerta
há quem erra
só não há
poesia
na guerra
!
!
!

 

Publicado por AB Poeta às 13:46
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 2 de Março de 2022

Bichos escrotos

 

Tão baixo bicho

esse lixo

de presidente

Tão vagabundo ente

de patentes

só mente e mente

 

Ficará para a história

sua inglória

sua escória irrisória

asseclas e parentes

 

Bichos escrotos

voltarão ao esgoto

de onde não deveriam ter saído

e serão, com o tempo, esquecidos

 
Publicado por AB Poeta às 23:00
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2022

A volta ao inverno russo

 
Avante camarada
pela foice e o martelo
preste sua continência
aos heróis vermelhos
 
Você é só um reacionário
mero cabeça de prego
um velhaco, oportunista
vai congelar em nosso inverno
 
Volta à sua pátria armada
de mamatas e flagelos
e conduza sua boiada
a morrer pelo cutelo
 

 

Publicado por AB Poeta às 20:10
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2022

O bandido de patente

 
Apertou 17, apertou o gatilho
“ele tinha cor de ladrão”
mas era só o vizinho
 
Militar ou bandido
todos vivaram inimigos
o tiro vem de qualquer direção
 
No fim dessa história
o sargento assassino
pode chegar a capitão
 
E por repetição do destino
o capitão delinquente
pode virar presidente

 

Publicado por AB Poeta às 22:31
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2022

O reservista

 

O palhaço guardou o nariz na gaveta
e espera um dia voltar a usá-la
Uma cambalhota, outra pirueta
seria bom reviver o passado

Mas a gaveta nunca mais se abrirá
triste e perdido ficou o bufão
O nariz vermelho já serviu ao circo
todo o resto foi mera ilusão

 

Publicado por AB Poeta às 13:58
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Domingo, 29 de Agosto de 2021

Jair e o pé de feijão

 

Estão lhe pedindo feijão
mas só oferece o fuzil
Do ferro ao chumbo, munição
grão aqui só o de projétil

A farda só enche a barriga
dos asseclas do capitão
Quem vencerá essa briga?
A fome, a miséria, a corrupção

Vários exércitos de indigentes
se formam pelos cantos da nação
A desigualdade assola a gente
não se vê o fim dessa conflagração

 

Publicado por AB Poeta às 18:46
Link do post | Comentar | ADD favoritos

A marcha dos valdevinos

 

Somos todos patriotas
empunhamos o fuzil
atiraremos pelas costas
para a glória do Brasil

O golpe é a nossa marca
pela história já se viu
O capitão nós seguiremos
para a glória do Brasil

Muita grana no bornal
a fanfarra em tom febril
afunda a pátria iremos
para a glória do Brasil

Já não temos serventia
a sucata já ruiu
só nos resta a política
que se dane o Brasil

 

Publicado por AB Poeta às 18:35
Link do post | Comentar | ADD favoritos

A nova independência

 

Sete de setembro
o dia da baderna
os cabeças de papel
marcharão da caserna

Darão tiros de canhão
num futuro obscuro
pra seguir o capitão
e seu bando chulo

Um passado delirante
que aqui nunca existiu
militares militantes
pasto amado, Brasil!

 

Publicado por AB Poeta às 18:33
Link do post | Comentar | ADD favoritos

O dia do golpe

 

Nessa data tão festiva
dos desfiles de sucatas
será o dia da coroação

O início de uma dinastia
que já está em negociata
entre os piores da nação

Numa ação defectiva
encerrarão a democracia
e irão coroar o bufão

A nova pátria primitiva
“burrocrata” e caricata
se chamará Cudomundistão

 

Publicado por AB Poeta às 18:30
Link do post | Comentar | ADD favoritos

“Ô abre alas que eu quero passar”

 

Desfilam os tanques de guerra
no país do carnaval
São somente carros alegóricos
não fazem bem, talvez o mal

Na avenida colorida
muitas fardas e medalhas
de heróis sem batalhas
e glórias inventadas

Uma selva de espoletas
dessa tropa em desuso
ao capitão que foi expulso
e a outros tantos picaretas

 

Publicado por AB Poeta às 18:14
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sábado, 17 de Julho de 2021

Tropa laranja

 

A corrupção camuflada
por baixo do fardamento
quer o poder, quer o governo
A imagem antes imaculada
desbotou, foi-se com o tempo
A milícia legalizada
se infiltra e se engaja
a força armada
armação que nos engana
é a tropa dos laranjas
Toca a fanfarra
a marcha bufa
leite, picanha, propina, alfafa
e completa a farra

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:37
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Marcha do xilindró

 

Rouba soldado
frauda o papel
quem não roubar direito
não sai mais do quartel

O quartel pegando fogo
a CPI deu um sinal
acorda, povo, acorda
“deu bandeira” o marginal

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:22
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Domingo, 27 de Junho de 2021

Golpistas

 

O golpe pelo golpe
presidente e militares
asseclas e seus pares
não têm o que oferecer:
sem reformas ou metas
projetos ou ideias
nem sabem o que fazer
Bandalheira que se anuncia
o único plano da milícia
é o poder pelo poder
mais nada...

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 11:01
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Marchinha do militar com 2 cargos

 

É promoção, estão vendendo
olha a feira militar
quem quiser, tá baratinho
qualquer um pode comprar

tem general de quatro estrelas
de bacia, é pra acabar
oficiais e graduados
a fanfarra vai passar

E são tão obedientes
seguem o que o boçal falar
o que interessa é o dinheiro
o Brasil pode afundar

 

Publicado por AB Poeta às 10:51
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda


Poesias declamadas



Todas as publicações

Clique no assunto

todas as tags