André Braga

Outubro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pesquise

 

Publicações

Sobre nossos ombros

1000 dias de regresso

O agro é

Futuro

Clara escuridão

Fome

Trambolho

Criacionismo

Jair e o pé de feijão

Sextou!

A invasão

A nova independência

O agro é pop

Rega-bofe

Medidas

“Ô abre alas que eu quero...

o pulso ainda pulsa...

Tempos frios

Espelho meu

Frio

Expiação

Mitomania

Tropa laranja

um poema solto no espaço....

Copropolítico

Marcha do xilindró

Fecopolítico

Credo

Habeas porcos

Síndrome de Estocolmo

Necropolítica

Nas ruas

Já vai tarde

Estafeta do capeta

O homem sem qualidade

Dor nossa de cada dia

A alegoria como verdade

2022

Golpistas

Brasil à deriva

Marchinha do militar com ...

"Eggo"

A flor do jardim

Aquários

Cala boca já morreu

Corticoides

Bandeira preta

A bolsoquadrilha

Outros 500?

Freak Show

Confira também



subscrever feeds

Domingo, 29 de Agosto de 2021

Expiação

 

Em cada canto do Brasil
sempre um 22 de abril:
em nome do padre, o filho
nativo, fincou a cruz no solo
cativo, espírito servil, tolo
de joelhos, eterno colono

 

Publicado por AB Poeta às 17:58
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Mitomania

 

Não há moléstia
não há riso de vida
não há sofrimento
não há operação

Há a mentira
há o fingimento
há a corrupção
e a manipulação

“Ele não” tem nada
além do mito, a farsa
de ser a salvação

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 17:52
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sábado, 17 de Julho de 2021

Tropa laranja

 

A corrupção camuflada
por baixo do fardamento
quer o poder, quer o governo
A imagem antes imaculada
desbotou, foi-se com o tempo
A milícia legalizada
se infiltra e se engaja
a força armada
armação que nos engana
é a tropa dos laranjas
Toca a fanfarra
a marcha bufa
leite, picanha, propina, alfafa
e completa a farra

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:37
Link do post | Comentar | ADD favoritos

um poema solto no espaço...

mesmo no astro mais distante
há uma chance
de se ter felicidade
mesmo na cidade
na loucura de suas ruas
a minha e a sua eternidade
soltas orbitam
mesmo na gravidade
e cogitam
uma breve fuga
densa ansiedade
há quem fuja
para uma ilha na lua
estrelas, nossa claridade
ilumina qualquer parte
mesmo a mais escura
...

 

Clique no assunto: ,
Publicado por AB Poeta às 00:32
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Copropolítico

 

Fala merda pelos cotovelos
caga e anda o dia inteiro
Coprofágico elemento
bomba atômica de excremento

Escatológica lógica:
é tanta bosta que produziu
que ele até se entupiu

“Rei Merdas”, tudo que toca apodrece
transforma a fé em fezes
Sentado no estado fazendo mamata
o negócio dele nunca foi a privada

 

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 00:28
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Marcha do xilindró

 

Rouba soldado
frauda o papel
quem não roubar direito
não sai mais do quartel

O quartel pegando fogo
a CPI deu um sinal
acorda, povo, acorda
“deu bandeira” o marginal

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:22
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Fecopolítico

 

“Tô cagando pra CPI”
berrou o presidente
que nunca fez nada na privada:
por 16 anos cagou na caserna
por 28 cagou nas câmaras
hoje caga no cargo executivo

Elegê-lo foi uma cagada coletiva
mantê-lo é uma cagada diária
De cagada em cagada
a merda se espalha, transborda
inunda a cabeça dos idólatras
e torna nossa vida uma bosta!

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 00:19
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Credo

 

Se deus está com o boçalnaro
ah, abrace-me amigo diabo
seu inferno é um lugar careta
comparado ao céu desses picaretas

Cristãos que são meros ladrões
mercadores da fé, charlatães
que em nome do dinheiro, e de jesus
pregam seus fiéis, famintos, na cruz

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:14
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Habeas porcos

 

A liberdade
de permanecer impune:
habeas corpus
haverá porcos
e não há de ser poucos
que o usarão como escudo
contra a justiça omissa
que nunca foi cega ou justa
seu único foco
é manter a massa
submissa

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:10
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Síndrome de Estocolmo

 

O choro da mãe que perdeu o filho
parentes e amigos agora ausentes
A doença continua numa crescente
Ri o filho da puta do presidente

A corja assassina no palácio presente
toma de assalto todo o planalto
o povo segue com as mãos ao alto
roubado, orando, pagando o montante

Parece que nada nos horroriza mais
perdemos o caráter de seres humanos
preservamos o algoz e entre nós brigamos
patética sociedade de serviçais

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 00:06
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Sexta-feira, 16 de Julho de 2021

Necropolítica

 

Ri sobre o caixão
o líder da nação
Cada cova aberta
é uma cruz num coração
Famílias arrasadas
em nome da corrupção
Sofremos por causa da doença
a sabotagem do boçal
a demora na vacinação...

Derrubar nosso algoz é preciso
a propina se propaga feito vírus
viramos moeda de troca
no câmbio negro, nossa cabeça
vale, no máximo, um dólar

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 23:56
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Nas ruas

 

Nem esquerda, nem direita
apenas a insatisfação
de quem não aguenta mais
esse messias de rabecão

O povo nas ruas correndo o risco
de pegar o vírus, uma infecção
pior é manter no poder esse lixo
a bolsoquadrilha em ação

Manifestar indignação é preciso
vamos chutar a bunda do capitão
tirar o que nunca deveria ter sido
nunca é tarde para dizer “ele não”

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 23:07
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Já vai tarde

 

141 - ja ir.jpg

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 21:59
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | ADD favoritos

Estafeta do capeta

 

Mais de 514 mil mortos:
e o emissário do cramunhão
promoveu aglomeração
a máscara ele demonizou
protelou a vacinação
o “tratamento precoce” inventou
“imunidade de rebanho”, sem noção
“e daí?”, “não sou coveiro”
“vai pedir vacina pra tua mãe”
“quem morreu é porque era pra morrer!”

Se Deus não traçou o seu destino
o messias veio para o fazer
a contagem ainda não acabou
o próximo pode ser você

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:53
Link do post | Comentar | ADD favoritos

O homem sem qualidade

 

O berrante soa como flauta doce
aos longos ouvidos dos desprovidos
de cultura... Antes tudo isso fosse
um tipo de “moda passageira”
mas o culto à ignorância, ao chulo
o orgulho de ser burro
agora faz parte da “cultura” brasileira
Ódio à razão, raciocinar virou palavrão
e o palavrão virou cartão de visita
do “cidadão de bem”, hipócrita

O boçal mor dessa pátria
tornou “legal” a boçalidade
homem sem qualidade, corrupto, chefe de milícia
virou caso de polícia e vai parar no xadrez
espero que de vez tenha fim esse mito inútil
que se fosse um cone nos seria mais útil

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 21:47
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Domingo, 27 de Junho de 2021

Dor nossa de cada dia

 

Na memória do corpo
gozos e temores
alternam-se as drogas
ficam velhas dores

O prazer é fugaz
mas resta a lembrança
Na carne, a cobrança
que o tempo nos trás

 

Clique no assunto: , , , , ,
Publicado por AB Poeta às 11:15
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | ADD favoritos

A alegoria como verdade

 

Ter convicção não é ter razão
pior: convictos dizem não à razão
O mito da caverna, aquele do Platão
nunca fez tanto sentido
tempos cegos, mais bocas que ouvidos

Enquanto o sábio cresce na dúvida
o convicto reduz o mundo na certeza
lhe falta clareza, lhe sobra ilusão
burro que acredita ser cavalo alazão

Isso é um tipo de “arrogância à brasileira”:
aquele que não sabe nada, mas tem opinião
“Saber” é um detalhe irrelevante, bobeira
o que “eu acho” é o que tem exatidão

Nessa realidade que parece ficção
tempos onde a ignorância é qualidade
vivemos essa porcaria de situação
um eterno atraso de sociedade

 

Publicado por AB Poeta às 11:09
Link do post | Comentar | ADD favoritos

2022

 

Sobre as próximas eleições
analisando os candidatos:
o “coroné”, o operário
o militar, aventureiros
o fajuto empresário
dá para prever nosso futuro:
será um enorme passado
A marcha vai pra frente
o Brasil só marca o passo

 

Publicado por AB Poeta às 11:05
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Golpistas

 

O golpe pelo golpe
presidente e militares
asseclas e seus pares
não têm o que oferecer:
sem reformas ou metas
projetos ou ideias
nem sabem o que fazer
Bandalheira que se anuncia
o único plano da milícia
é o poder pelo poder
mais nada...

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 11:01
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Brasil à deriva

 

O capitão assumiu o leme
mas é o pior dos timoneiros
Piratas, oportunistas, aventureiros
mercenários, formam seu time

Sem saber como navegar
tenta guiar-se pelas estrelas
todas decadentes; lança-se ao mar
conforme o vento sopra as velas

“Estamos à deriva”, há quem teme
os ratos já estão pulando fora
o navio vai afundar a qualquer hora
quem ficar que morra ou reme

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 10:57
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda


Poesias declamadas



Todas as publicações

Clique no assunto

todas as tags