De Adilson Boson a 1 de Julho de 2011 às 05:59
1. A solução, segundo a jornalista amiga do Gilberto Dimenstein, não é tirar as meninas prostitutas da rua, mas apenas que elas abortem à vontade para não perder clientes.

2. Preconceito anti-religião também é preconceito, e também fecha a mente. O pensamento, a organização da sociedade, a filosofia, a literatura universal, tem suas bases na sabedoria acumulada durante séculos. E a religião, principalmente o cristianismo, está entremeada em cada linha e entrelinha de tudo o que construímos em milênios. Desconhecer, ou não levar a sério, o que a doutrina religiosa tem a dizer sobre o assunto, é estar fadado ao erro.
De AB Poeta a 1 de Julho de 2011 às 15:23
acho engraçado isto: ouvir a religião, os jornalistas, direitos humanos, feministas... a mulher mesmo, a que não é ligada a nenhum grupo, essa ninguém quer ouvir.

Acho complicado quando o direito que um luta é para o outro não ter direito.

E sobre a religião, nada contra, desde que ela fique lá na igreja.

abrçss

Obrigado pelo comentário.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.