André Braga

Julho 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pesquise

 

Publicações

Tropa laranja

um poema solto no espaço....

Copropolítico

Marcha do xilindró

Fecopolítico

Credo

Habeas porcos

Síndrome de Estocolmo

Necropolítica

Nas ruas

Já vai tarde

Estafeta do capeta

O homem sem qualidade

Dor nossa de cada dia

A alegoria como verdade

2022

Golpistas

Brasil à deriva

Marchinha do militar com ...

"Eggo"

A flor do jardim

Aquários

Cala boca já morreu

Corticoides

Bandeira preta

A bolsoquadrilha

Outros 500?

Freak Show

Harmonia

Asseclas do capitão

Huck, o incrível

Aos bolsolixos II

Tome a vacina

Picanha pra mim, pra você...

Imunidade de rebanho

Fármacos

Tico e Teco

Coprófilos

Aos anais da pandemia

Por uma única bandeira

Comparsas

Motoataxia

6 anos atrás

Sem máscara

A máquina da morte

Aos bolsolixos

CPI dos acovardados

O orgulho de ser burro

O socialismo que produz m...

Fés

Confira também



subscrever feeds

Domingo, 13 de Junho de 2021

Por uma única bandeira

 

Nem azul, nem vermelha
nem branca, nem preta
nem cores de montão

Hastear a bandeira
desfraldar o pavilhão
só a única e verdadeira
que interessa à população:

a bandeira da educação!

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:30
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Comparsas

 

Cretinos consortes:
o covid 19 da morte
e o covarde 17, seu parceiro
com um bando de justiceiros
vagabundos atrás de dinheiro
viajam pelo Brasil, infectando tantos mil
onde já se viu tamanha canalhice
espalham a doença e a burrice
tendo a ignorância como bandeira
hasteada sobre a nação brasileira
sufocando qualquer saída
dessa situação fratricida
e já se foram tantas vidas
quantas mais precisam ser perdidas
para ver que isso não deu certo?
Decerto é que o futuro é incerto
e o fim disso está longe...

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:27
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Motoataxia

 

A inutilidade sobre duas rodas:
parasitas em nossas vias
como vírus em nossas veias
vermes em nossas bostas

A futilidade é sua única marca
a morte ao seu lado caminha
um futuro escuro se avizinha
idiota é quem nessa embarca

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:21
Link do post | Comentar | ADD favoritos

6 anos atrás

 

Num dia qualquer de maio
há 6 anos atrás
no passeio público, na praça
banco, árvores, flor lilás
quele beijo que jogou na minha boca
aquele beijo... Algo a mais
aconteceu e acontece
o tempo passa e a gente não esquece
coleciona alegrias, vários sentimentos
nossa história juntos cresce
fica na memória do corpo, dos lugares
de outras pessoas que parte nos faz
o passeio público, a praça
pássaros
banco, árvores, flor lilás
nada mais foi igual
depois de 6 anos atrás

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 21:18
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Sem máscara

 

Bolsolixo, sua máscara caiu
faz tempo, e a maioria viu
que não era nada daquilo

Promessa de campanha, tudo sumiu
Ficou a mentira, o discurso vazio
um erro crasso, um vacilo

A cada dia afunda mais o Brasil
mortes em progresso, clima sombrio
um trem lotado, em descarrilo

O que já era pouco se esvaiu
o messias de araque decaiu
não há máscara que esconda isso

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:13
Link do post | Comentar | ADD favoritos

A máquina da morte

 

Pegue uma população estúpida
que elege qualquer ladrão
Espalhe mentira em mentes entupidas
que tem como base a desinformação

Numa pandemia, mantenha a contradição
Ineficácia, imprudência, incompetência
receite “remédias” de contraindicação
o importante é disseminar a doença

Junte a tudo isso um pouco de crença
a maioria nem quer saber da razão
A máquina da marte está pronta; sentença:
pobreza, caos, certeza da desintegração

Boa sorte!

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 21:08
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Aos bolsolixos

 

A “familícia” parasitária
ninguém nunca “bateu cartão”
Vagabundos batedores de carteira
surrupiam do bolso do cidadão

Não tem nenhuma qualidade
a “bolsoquadrilha” que tolhe a nação
Seus seguidores de mente canina
ladram, babam, matilha de “bolsocão”

Inacreditável tanta gente cretina e imoral
que presa pela nossa destruição
Crise, fascistas, doença, um lamaçal
bando boçal, cego, ignorante, sem noção

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 21:03
Link do post | Comentar | ADD favoritos

CPI dos acovardados

 

Os mesmos que querem fechar o STF
recorrem a ele para ficaram calados
Essa é a CPI dos acovardados

Escreve, mas não lê?
O pau tem que comer!

Bolsocão ladra, mas não morde
é só bater o pé que ele foge

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:56
Link do post | Comentar | ADD favoritos

O orgulho de ser burro

 

“Os cientistas não sabem nada
vi no 'zapzap', isso sim é informação!
Naquele grupo do 'face' tem tudo
jornalismo é 'fake', pura ficção”

“É só passar o 'link' pra frente
não tenho tempo para ter opinião!
Quem gosta de história é livro velho
já vi no 'youtube' o resumão”

O mito da caverna, sombras no muro
mentém a cegueira, presente sem futuro
Analfabeto funcional, padrão nacional
cresce em espiral o orgulho de ser burro

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:52
Link do post | Comentar | ADD favoritos

O socialismo que produz milionários

 

Bolsa de Valores forte!
Empregos fracos...
Povo pobre
inflações de itens básicos

Os estados faliram...
Mas o PIB cresceu(!?)
Será que se confundiram?
Como isso aconteceu?

Muito dinheiro com poucos
para a maioria, migalhas de pão
Desigualdade, eis o agravo
o Brasil é sempre uma ilusão

 

Clique no assunto: , , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:46
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Fés

 

Fé de mais
fé de menos
fé de quem vier

Fé de sobra
fé de mentira
fé de quem quiser

Mas fé de verdade
não se compra na capela
Ela, talvez mais do que crer
fé tem que a pode oferecer

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:42
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Caserna da mãe joana

 

Privatizem as Forças Armadas
“que absurdo, isso é caso de polícia”
Mas isso já foi feito
agora se chamam “Milícia”

Abusam do erário
quebram a hierarquia
Péssimo costume gregário
só um bando em anarquia

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 20:31
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Franquia do senhor

 

Pague o dízimo
dê até o que não tenha
Esvazie os bolsos
limpe sua carteira

Dinheiro é coisa suja
é preciso purificá-lo
Em nome de jesus
nós vamos limpá-lo

Deposite a sua fé
alguém lhe dará em dobro:
duas vezes mais fome
duas vezes mais choro

 

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:24
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Desordem unida

 

O capitão é um “caga regra”
seu estafeta tem estrela de general
O alto comando recebe desmando
hierarquia já teve valia; pura fantasia
Nas fracas Forças Aramadas
o que se esconde atrás da farda
não passa de mera armação
Um pau de galinheiro
cabide de emprego
que nos custam muito dinheiro
recursos que o brasileiro
precisa se perguntar:
por que pagar?

 

Clique no assunto: , ,
Publicado por AB Poeta às 20:18
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Começos

 

Do mesmo jeito que você conquista
do nada, podem lhe tirar
Num instante tudo acaba
e às vezes é difícil recomeçar
Assim funciona a vida:
cavalo dado não se olha dentes
basta apenas cavalgar
Tudo vira uma nova oportunidade
tente apenas aproveitar
O galope do tempo não para
o amor continuará no ar

 

Clique no assunto: ,
Publicado por AB Poeta às 20:12
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Profetas de butique

 

Grãos de “feijões mágicos”
A “água consagrada”
Cultos e falsas bençãos
mentiras deslavadas

Pastores buscando a cura
em bons e caros hospitais
Fieis crendo nessa loucura
morrerão por crenças banais

Aleluia, amém

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:08
Link do post | Comentar | ADD favoritos

Chupins nosso de cada dia

 

Para subir na vida
ou manter o status quo
se alie ao poder
e no poder não há pudor

Diga qualquer barbaridade
mesmo as mais absurdas
Não se importe com o todo
o povo vive na conformidade

Militares, artistas, subcelebridades
o governo é um cabide de emprego
nababos, conchavos, falsidade
aqui qualquer merda vira autoridade

 

Clique no assunto: , , ,
Publicado por AB Poeta às 20:03
Link do post | Comentar | ADD favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda


Poesias declamadas



Todas as publicações

Clique no assunto

todas as tags