Manifestações consciente do inconsciente. Contos e poesia crônica.

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise

 

publicações

Resgate

Retrovisor

Tempo

Carandiru

Caminhos

de volta

Sessão fotográfica - Meli...

Confira também



todas as publicações

subscrever feeds

Sábado, 16 de Abril de 2011

Resgate

 

Um vagão sem trem

e vazio

 

Chão baldio

 

Fora dos trilhos

janelas abertas e esquecidas

sem horizonte

terminam no tempo

 

Só a arte salva

 


Clique no assunto: , , , ,
publicado por AB Poeta às 03:58
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Domingo, 27 de Junho de 2010

Retrovisor

 

O espelho faz

Eu olhar para trás

E ver que muita gente

Inquieto assim se sente

 

Já que há gente

Como a gente

Por toda a cidade

Olhe e siga em frente

Não mais lamente

 

Aproveite a mocidade

E faça da felicidade

Um agente

 

 

Foto de Erico Cavalheiro

 

Clique no assunto: , ,
publicado por AB Poeta às 04:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Tempo

O tempo constrói a pedra
Com a pedra construo o templo
No templo arquiteto a vida
Traçando uma linha finita
Na linha infinita do tempo


O tempo é parado, parado em si mesmo
Ensimesmado eu, mato o tempo
Sem tempo ser-me: contratempo
Luta difícil, contra o tempo
Pele riscada, rosto sulcado
Marcado pelo tempo


Relativo, o tempo, que se dilata
Dimensão curva, talvez seja a quarta
Viagem no tempo: sonho possível
O tempo que vem, vem imprevisível


O tempo é invento, preso ao relógio
Cravado ponteiro indicando o horário
Tempo marcando o tempo marcado
Não vê a hora de ser dilatado
Na curva do espaço, já é sem tempo


O tempo não pára, o tempo só passa
E eu passo o tempo, correndo e vivendo
Enquanto a vida, veloz passa-tempo
Seguindo em frente, nos ultrapassa


De tempo ao tempo, pois ainda há tempo
...
 

 

Foto de Eric Neumann - Click e vejo o fotolog

Clique no assunto: , , ,
publicado por AB Poeta às 03:21
link do post | comentar | ver comentários (5) | adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

Carandiru

Pombas e gatos num lugar onde os cachorros são os ratos e a morte vem travestida de gente. Implodido, deixa um alívio consciente na mente e a desigaldade social a caminhar tranquilamente... Sorridente. Vida leve leve vida leviana finda.

 

publicado por AB Poeta às 15:38
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Caminhos

Preso ao vôo
Flutua o pássaro
Aninha-se breve
Num curto pouso
Sem muito repouso
Logo se volta
Instintivo revôo


Livre andarilho
Vou pela estrada
Sem vôo sem trilho
Nem trilha nem laço
E passo a passo
Destrincho o caminho
Seguindo o destino
Que eu mesmo faço

 


 

Uma estrada de Cuba - Foto de Eric Neumann

Click e veja o fololog

Clique no assunto: , , ,
publicado por AB Poeta às 18:56
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

de volta

Após, ante ao caixão, dias velado, a rotina devolvia-a, pouco-a-pauco, à vida... A rotina é a morte à morte.

 

 Cemitério da Consolação - SP/SP

 

 

 

 

 

 

Caminhos - Raul Seixas

 

Canto para minha morte - Raul Seixas

 

Download para ouvir:

Clique no assunto: , ,
publicado por AB Poeta às 01:34
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Sábado, 27 de Setembro de 2008

Sessão fotográfica - Melindrosa

Esta é uma de minhas aventuras como fotógrafo. Este trabalho foi realizado no segundo semestre de 2007, para as aulas de fotográfia publicitária. Para quem nunca havia utilizado uma máquina fotográfica profissional antes, até que ficou bom!

 

 

Tema: Melindrosa

Modelos: Eva Hilanna e Bruno Cordeiro

Fotógrafo: André Al

Produtores: Aline Pellegrini, André Al, Bruna Rafael, Bruno Cordeiro, Diogenes, Eliana Rodrigues, Eva Hilanna e Janaina Pangella.

Supervisão: Profª Juliana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estas duas não foram aproveitadas

 

 

 

 

Equipe responsável pelo trabalho:

 

Diogenes, Aline, Bruno, Jana, Eli, Eva, Bruna e André.

Clique no assunto: , ,
publicado por AB Poeta às 21:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos
Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda



Poesias declamadas


Clique no assunto

todas as tags