2 comentários:
De Antonio Oliveira a 29 de Agosto de 2015 às 01:56
Quem dera o tempo voltasse e poder reencontra-lá.
Ótima poesia, recordou-me minha querida avó que partiu a poucos anos.

Abraços
De AB Poeta a 9 de Setembro de 2015 às 02:36
Minha avó ainda não partiu, mas não está conosco há algum tempo... ela tem Alzheimer e está beirando os 100 anos. Apesar dos pesares, está bem.

Vlw pelo comentário.

Abrçs

comentar post