Manifestações consciente do inconsciente. Contos e poesia crônica.

Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

pesquise

 

publicações

Moluscos

Banquete

PEC(ados)

Lavrador

Declaração

Modelo

Encalço

Haicai V

Viagem

Numa fria

Poema antigo

Encontros

Ombrax

Sós

Coração violento

O que não passa?

Qual será a senha?

Marcados

Cada casa

Lançamento

A desmetamorfose

Um vazio

Paraíso

Noites de Verão

O relógio da vovó

Conto de Fadas

A fonte

Um par

contratempo

a bunda dela

ambidestro

mãe dos sem mães

advérbio

quando fomos nuvens

fossa

prateando

banquete

renda-se

pecado

translação

o fio vermelho

arte final

ossos do ofício

delinear

sinfonia

passarinha

fotogenia

Instagram

a rua e o rio

viva voz

Confira também



todas as publicações

subscrever feeds

Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011

Sorriso

 

I

 

Se meu olhar muda

E minha boca muda

Muda calada

E toda minha pele grita

Uma alegria desconcertante

Em arrepios

Sussurra espasmos

 

Se o resto em volta muda

E meus ouvidos mudam

E meu corpo todo muda

Então sorrir é um orgasmo

 

II

 

Num sexo sem toques

Meu corpo todo

Sorrindo

Goza

A felicidade

De pensar-te

 

III

 

Na orla do lábio

Caminha o sorriso que

Eufórico

Corre

Pela areia do tempo

E mergulha

Na felicidade do mar

 

IV

 

Na música do sorrir

Os acordes são maiores

E todas as claves

São de Sol

Clique no assunto: , ,
publicado por AB Poeta às 17:54
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
15 comentários:
De Nina a 27 de Janeiro de 2011 às 23:37
Isso é bonito... bonito pra caralho... E às vezes a felicidade é bem assim... muda... desconcertante...
De AB Poeta a 28 de Janeiro de 2011 às 00:26
estou sorrindo por causa desse comentário... ;-)
De Nina a 28 de Janeiro de 2011 às 01:07
Sorri largo, então... "largo como a felicidade deve ser"...
;)
De Manu a 31 de Janeiro de 2011 às 22:31
Adorei muito esse post! Vou te seguir no twitter,ok?
De AB Poeta a 31 de Janeiro de 2011 às 23:58
opa! sem problemas! fique à vontade para comentar em outros ou add nas redes sociais, ok!

Abrçss
De Alexsander CT a 2 de Fevereiro de 2011 às 20:29
Muito boa ou fixe suas poesias.Parabéns!Continue assim.Abraços.
De AB Poeta a 2 de Fevereiro de 2011 às 21:50
Vlw broter!

Fique à vontade para opinar!

Abrçss
De Érica Teixeira a 6 de Fevereiro de 2011 às 15:31
Boa tarde! Soube do seu blog atraves do twitter! Fiquei encantada com sua habilidade de escrever e notadamente de descrever o momento sublime do amor e do sexo.
Vou te colocar nos meus favoritos para lê-lo sempre!
Quando puder visite meu blog!
Parabéns!

Érica
http://blogcinzadashoras.blogspot.com/
De AB Poeta a 6 de Fevereiro de 2011 às 16:56
Obrigado Érica pelos elogios!

Fico feliz que tenha gostado da minha poesia, e com toda certeza vou ler teu blog.

Fique à vontade para comentar!

Bjos
De Laliane a 14 de Fevereiro de 2011 às 18:50
a-do-rei!!!
como eu já disse, sempre soube que vc era talentoso, mas ler essas palavras me deixam realmente emocionada e orgulhosa por ter um amigo tão sensível e habilidoso.
sucesso! vc merece!!
em tempo: tá bem na foto, heim?
bjbjbj
Lali
De AB Poeta a 14 de Fevereiro de 2011 às 20:05
rsrsrs eu não, minha poesia é que está bem na foto! rsrsrsrs

Leia as outras, vai gostar tbm!

bjos
De Francisco Jamess a 16 de Fevereiro de 2011 às 12:52
lindo pra caralho

"Num sexo sem toques
Meu corpo todo
Sorrindo
Goza
A felicidade
De pensar-te."

Isso foi muito foda, cara. E as claves de Sol também.
De AB Poeta a 16 de Fevereiro de 2011 às 13:57
que bom que gostou da minha poesia!

Fique à vontade para opinar nas outras!

Vlw

Abrçss
De Daniela a 14 de Agosto de 2013 às 12:26
Que linda poesia, André! Sempre surpresa com o que escreve. Tem tantas coisas suas que não li ainda, mas aos poucos vou me surpreendendo. Você é ótimo no que faz! Mais uma na lista das minhas favoritas...
Beijos!
De AB Poeta a 20 de Agosto de 2013 às 01:07
que bom que gosta e que está descobrindo mais...

obrigado pelo carinho!

Bj

;-)

comentar post

Follow ABPoeta on Twitter
Instagram

Compre meus livros


Livros por demanda



Poesias declamadas


Clique no assunto

todas as tags